Correios criam Locker para receber encomendas

Correios criam Locker para receber encomendas

0 Shares
0
0
0

Recentemente, os Correios anunciou seu novo projeto de armários inteligentes: o Locker tem como objetivo permitir que se receba encomendas de locais de fácil acesso e com boa movimentação de pessoas. O primeiro foi instalado em Paranoá (DF), que não possuí nenhuma agência da estatal; a ideia é expandir o projeto para todo o Brasil.

Para utilizar o serviço, basta consulta o CEP do Locker em que você deseja retirar sua encomenda, e ao realizar uma compra online, basta adicioná-lo no campo de endereço de entrega. Também será necessário colocar seu CPF ou CNPJ no campo de complemento.

O carteiro levará sua encomenda até o armário, em seguida você receberá um SMS, com instruções para retirada e o código de liberação da gaveta. O serviço não terá nenhum custo adicional ao frete, mas será necessário retirar o pedido em atém 3 dias corridos.

Cada armário contará com 40 gavetas em tamanhos variados, funcionando inclusive em fins de semana e feriados – dependendo de onde forem instalados. Os Correios mencionam locais como estações de metrô, rodoviárias, shoppings e postos de gasolina, que têm horários de funcionamento diferenciados.

O primeiro Locker foi instalado em Paranoá, no Distrito Federal, que não possuí uma agência física dos Correios. “Em tempos de crescimento do e-commerce, popularização dos smartphones e aumento da conectividade, levar facilidade e conveniência às regiões afastadas dos grandes centros é uma prioridade para a empresa”, diz o presidente da estatal, Floriano Peixoto.

O projeto vinha sendo desenvolvido desde 2018, quando estava passando pelo processo de licitação. Ele se une ao Clique e Retire, para retirar pacotes em qualquer agência e as Caixas de Correio Inteligentes. A empresa pretende instalar mais um armário inteligente no Rio de Janeiro ainda este ano.

Até fevereiro de 2021, os Correios prometem instalar 10 lockers no Distrito Federal e 53 no estado do Rio de Janeiro, também sendo expandidos para mais lugares no país. A estatal pensa em liberar a postagem de objetos através dos armários, inclusive para devolução de encomendas por logística reversa.

0 Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like